Santa Casa de Misericórdia - Santana do Livramento / RS
     Terça-feira, 12 de dezembro de 2017
 





Doação de SangueVocê conhece alguém que já sofreu um acidente ou passou por uma cirurgia? E essa pessoa precisou de uma transfusão de sangue? A resposta provavelmente é SIM! E como a ciência ainda não desenvolveu um sangue sintético, o sangue que seu conhecido recebeu veio da doação de um voluntário.
O Ministério da Saúde lançou este ano a Campanha Nacional de Doação de Sangue, com o slogan “Entre para a Corrente Sanguínea. Doe e convide alguém a doar”. No Brasil os índices de doação ainda estão bem abaixo dos índices recomendados pela Organização Mundial de Saúde (OMS), provavelmente pela falta de informação sobre a importância do ato de doar sangue e pela ausência de uma cultura de doação regular.

O sangue que vou doar não vai me fazer falta?
Não, pois em uma doação são tirados no máximo 450 ml de sangue (aproximadamente 10% do volume total de sangue de uma pessoa adulta), e logo nas primeiras 24 horas após a doação o corpo já produziu a mesma quantidade de sangue que foi retirada.


Quais condições devo apresentar para poder doar sangue?

• Sentir-se bem, com saúde
• Deve ter entre 18 e 65 anos de idade
• Deve pesar mais que 50 kg.
• Deve apresentar documento com foto, que seja válido em todo o território nacional, como carteira de motorista ou de identidade.
• Não ter diagnóstico de hepatite após os 10 anos de idade.
• Não ser portador do vírus da AIDS.
• Não ter comportamento de risco para doenças sexualmente transmissíveis (relação sexual com parceiro eventual, sem uso de preservativo, nos últimos 12 meses)
• Não estar grávida ou amamentando.
• Não ser usuário de drogas.
• Não ter feito piercing ou tatuagem nos últimos 12 meses em locais não controlados pela Vigilância Sanitária.
• Não ter sido submetido a exame de endoscopia ou broncoscopia nos últimos 12 meses.


Quais testes são realizados na amostra de sangue após a doação?
Após a doação, são realizados no sangue do doador testes para doenças infecciosas como AIDS, hepatites C e B, doença de Chagas, HTLV I/II, sífilis e um exame para saber o tipo sanguíneo do doador. Esses testes laboratoriais visam proteger quem vai receber o sangue, são exames de triagem e não de diagnóstico, podendo ocorrer resultados falso-positivos. Não se preocupe então caso você seja convocado para uma nova consulta médica ou para a repetição de exames.


Quais são as orientações para o dia da doação?

• Durma bem na noite anterior à doação.
• Não tome bebidas alcoólicas nas 12 horas antes da doação.
• Não faça jejum.
• Evite fumar nas 2 horas antes da doação.
• Evite alimentos ricos em gorduras nas 3 horas que antecedem a doação.
• Após a doação, aguardar no mínimo uma hora para dirigir curtos percursos e duas horas para viagens.
• Não fazer exercícios físicos acentuado nas 12 horas que se seguem à doação
• Interromper por 12 horas após a doação atividades como pilotar avião, helicóptero, esportes radicais e trabalhar sob o risco de grandes alturas.
Indicadores    Satisfação dos Clientes | Desempenho Assistêncial | Estrutura e Desempenho
Sistema de Gestão    Órgãos Dirigentes | Certificações
Santa Casa de Misericórdia de Sant'ana do Livramento - Fone: 3242 2063
Rua Manduca Rodrigues, nº 295 - Bairro Centro - Sant'Ana do Livramento - RS

Todos os direitos reservados.
Insaith
Desenvolvimento de sites